• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Em nome da solidariedade: CUT realiza entrega de alimentos

Publicado: 26 Abril, 2021 - 11h11 | Última modificação: 26 Abril, 2021 - 12h34

Escrito por: Assessoria CUT

notice

Hoje(26), em Porto Velho-RO, a Central Única dos Trabalhadores em parceria com o Movimento dos Atingidos por Barragens, realizou a entrega de alimentos da agricultura familiar, sem agrotóxicos, para o projeto "É tempo de amar e servir" desenvolvido pela Paróquia Sagrada Família. Diante a omissão do Estado, as organizações da sociedade civil, Partidos Políticos, Movimentos Sociais e Sindicais são cada vez mais necessários no fortalecimento da corrente do bem e na prática da solidariedade de classe.

Com a chegada da pandemia ao Brasil e a propagação da crise sanitária, ocorreu o agravamento da crise política, econômica e social. O Governo por sua vez, não toma iniciativa alguma, no sentido de amenizar a fome, o desemprego e a miséria. Por isso nós lutamos pelo fortalecimento do SUS e para o restabelecimento do auxílio emergencial de R$600, até o fim da pandemia, assim como dos programas de proteção aos empregos, evitando ainda mais demissões.

Amanhã, terça-feira, 27 de abril, dirigentes sindicais, representantes de movimentos populares e de organizações da sociedade civil vão à Brasília para dialogar e pressionar o legislativo a restabelecer o Auxílio Emergencial de R$600 até o fim da pandemia.

O movimento é uma iniciativa conjunta das Centrais Sindicais (CUT, Força Sindical, UGT, CTB, NCST, CSB, CGTB, Intersindical Central, Pública), das Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo e da Campanha Renda Básica que Queremos. As organizações buscam ser recebidas pelos presidentes da Câmara, do Senado e por líderes partidários.

 

Queremos vacina no braço e comida no prato!