• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Bancários: uma das categorias mais atingidas pela tragédia do coronavírus

Uma das categorias mais atingidas pela tragédia do coronavírus, bancários fazem campanha de solidariedade

Publicado: 13 Maio, 2021 - 13h21 | Última modificação: 13 Maio, 2021 - 13h42

Escrito por: Itamar Ferreira é advogado e responsável pela Coluna Reticências Políticas

notice

Em Rondônia, como no restante do país, os bancários têm sido uma das categorias mais atingidas pela tragédia diária do novo coronavírus, com dezenas e dezenas de profissionais tendo desenvolvido a forma grave da Covid-19 desde o início da pandemia. 

Além dos bancários e bancárias que se expõe diariamente dentro das agências, a diretoria do Sindicato dos Bancários e Trabalhadores do Ramo Financeiro de Rondônia (SEEB-RO), que também têm a missão de defender a categoria dos riscos permanentes de contaminação pelo vírus, tem sofrido grandes perdas. 

Há alguns meses, ainda em 2020, o diretor da Regional de Ji-Paraná, Irineu Almeida, teve que ser transferido de UTI aérea para Porto Velho, onde ficou mais de 40 dias entubado no Hospital 9 de Julho, tendo milagrosamente sobrevivido. 

Neste início de ano a tragédia do nefasto vírus se abateu em cheio sobre a diretoria do SEEB, quando quatro diretores desenvolveram, quase que simultaneamente, a forma grave da Covid-19, indo parar em UTIs, sendo que tendo três deles tiveram que ser submetidos ao traumático procedimento de intubação. 

Destes três dois não resistiram, o primeiro que veio a óbito foi o diretor de base COSMO ADERALDO DA SILVA, 53 anos, que trabalhava no Bradesco do município de Ji-Paraná. Logo em seguida foi vitimado o carismático e querido líder da categoria, o presidente da entidade JOSÉ PINHEIRO DE OLIVEIRA, 53 anos (Bradesco), internado por mais de 40 dias no Prontocordis em Porto Velho. Após ter vencido a Covid-19, ele não resistiu às sequelas deixadas pela doença e faleceu de complicações decorrentes da longa internação. 

Em meio a tanta tragédia, um verdadeiro milagre aconteceu: a secretária geral do sindicato, IVONE COLOMBO, que teve que ser transferida para São Paulo, de UTI aérea, ficou internada por mais de um mês no Hospital da Rede D’or São Luiz, sobreviveu e está em fase de reabilitação.  

Grande parte das despesas hospitalares para salvá-la, foi coberta pelo plano de saúde. Entretanto, para aumentar as chances de sobrevivência dela, foi contratada uma equipe médica de confiança da família de Ivone, e os serviços desta equipe médica não tem a cobertura do plano de saúde, o que resultou numa dívida de aproximadamente R$ 81.000,00. 

Em solidariedade, diretores do SEEB-RO estão organizando uma campanha de arrecadação para ajudar Ivone a pagar esta dívida. Quem quiser e puder contribuir basta transferir, qualquer valor. 

Banco Bradesco, Agência 153, Conta Corrente 101073-5

CPF: 316.641.302-25

WhatsApp e Pix:(69) 9 8401-3216

Caso sejam arrecadados valores superiores à dívida, o valor remanescente será doado para o Hospital Santa Marcelina, uma das referências em cuidados com a saúde em geral dos rondonienses. 

A sua solidariedade é muito importante neste momento. Contribua com o que estiver ao seu alcance.