• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

A PRIVATIZAÇÃO FAZ O PREÇO DA ENERGIA FICAR CARO

Não a privatização dos serviços essenciais à população

Publicado: 01 Outubro, 2021 - 12h23 | Última modificação: 01 Outubro, 2021 - 12h36

Escrito por: Assessoria CUT

notice

As Usinas Hidrelétricas de Santo Antônio e Jirau localizadas no estado de Rondônia estão entre as cinco que mais geram energia no Brasil, porém a população sofre com os constantes aumentos na tarifa de energia. 

Em 30 de agosto de 2018 o Governo leiloou a Centrais Elétricas de Rondônia (Ceron) e outras duas distribuidoras, sendo a Companhia de Eletricidade do Acre (Eletroacre) e Boa Vista Energia, de Roraima. A promessa era que a privatização teria o potencial para gerar redução das tarifas de energia, no caso de Rondônia, o vencedor do leilão foi o Grupo Energisa. Através do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) o aporte financeiro chegou próximo dos R$ 253,8 milhões.

Hoje, três anos depois da privatização, os aumentos no preço da energia chegam a mais de 30%, esta é a triste realidade que o povo rondoniense vive.   Rondônia é a prova concreta que: Privatizar Faz Mal Ao Brasil !

Outra tragédia que está anunciada é aumento da energia em todo país, após aprovação da medida provisória que viabiliza a privatização da Eletrobrás e foi sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro. Mesmo com entidades do setor afirmando que a conta de luz pode ficar mais cara, além do risco de apagão.

 

CUT contra à privatização do setor elétrico e do saneamento.